O intermacional cabo-verdiano Djaniny sagrou-se , esta segunda-feira, campeão do México depois da vitória por 3-0, da sua equipa, o Santos Laguna, com o Quaretaro, no jogo de segunda mão da final do Torneio Clausura.

No primeiro jogo da final, o Santos venceu a equipa onde milita o brasileiro Ronaldinho Gaúcho por 5-0, com três assistências do internacional cabo-verdiano, que foi considerado um dos melhores em campo, conforme a imprensa mexicana.

Entretanto, a imprensa portuguesa noticiou na semana passada o interesse do Futebol Clube do Porto em contratar este jovem natural de Santa Cruz, interior de Santiago, para substituir o colombiano Jackson, que se encontra de saída dos “dragões”.

Jorge Djaniny Tavares Semedo (Santa Cruz, 21 de Março de 1991), ou simplesmente Djaniny, iniciou sua carreira no Scorpions Vermelho de Santa Cruz em 2009, ano em que se mudou para Portugal, onde jogou durante duas épocas no Grupo Desportivo Velense antes de ser transferido para a União de Leiria e Benfica B.

Apesar de continuar pertencendo aos encarnados, Djaniny foi cedido por empréstimo ao Olhanense, antes de ser comprado por Santos Laguna, por sugestão do treinador português Pedro Caixinha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.