O internacional cabo-verdiano, Jorge Djaniny, que este final de semana sagrou-se campeão do México pelo Santos Laguna, quer regressar à Europa, mas não coloca de parte a possibilidade de continuar no México.

“Estou bem no Santos Laguna, o futebol mexicano é bom, mas o meu sonho é regressar à Europa porque foi lá que comecei a jogar”, disse em declarações à imprensa mexicana o avançado cabo-verdiano, de 24 anos, que tem sido apontado como alvo de vários clubes, entre eles o FC Porto.

Sobre a conquista do campeonato, Djaniny lembrou nem tudo começou da melhor forma para a equipa orientada por Pedro Caixinha.

“O futebol é assim, não começámos bem mas nunca baixámos os braços. Trabalhámos muito para mostrar o nosso futebol e, agora, somos campeões, explica o futebolista crioulo, formado no Scorpions Vermelho de Santa Cruz, interior de Santiago.

Jorge Djaniny Tavares Semedo (Santa Cruz, 21 de Março de 1991), ou simplesmente Djaniny, iniciou sua carreira no Scorpions Vermelho de Santa Cruz em 2009, ano em que se mudou para Portugal, onde jogou durante duas épocas no Grupo Desportivo Velense antes de ser transferido para a União de Leiria e Benfica B.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.