A equipa de Estrela dos Amadores conquistou no domingo o torneio Taça Graciosa 2019 em futebol, apesar do empate a zero ante a Escola de Futebol de Chão Bom, em jogo disputado no Estádio Municipal do Tarrafal.

A quinta e última jornada da IV edição do torneio foi disputada no último fim-de-semana, mas os jogos arrancaram a 2 de Novembro, numa competição no sistema “todos contra todos”, em que Estrela dos Amadores sagrou-se campeão e sucede Varandinha que venceu a edição de 2018.

É que, mesmo com o empate, Estrela dos Amadores terminou a prova em primeiro lugar com 11 pontos, sendo três vitórias e dois empates.

Resultados da última jornada: Estrela dos Amadores 0 – Escola de Futebol Chão Bom 0, Beira Mar 2 – Varandinha 1, e Rela Júnior 1- Delta Cultura 1.

Sendo assim, Estrela dos Amadores é campeão com 11 pontos, seguido de Varandinha com 7 pontos, Delta e Beira Mar ambos com 6 pontos, Escola de futebol de Chão Bom (4 pontos) e Real Júnior (3 pontos).

Organizado pela Câmara Municipal do Tarrafal, o projecto retomado em 2018, após três anos de paragem e que na altura introduziu a vertente feminina, conforme avançou à Inforpress, o vereador do Turismo, Cultura, Desporto e Promoção deste concelho do interior de Santiago, Daniel David Soares, este ano contou apenas com a vertente masculina com participação de equipas seniores.

É que, segundo a mesma fonte, as equipas femininas vão participar numa outra competição denominada “Liga Play” com arranque previsto para depois das festividades do Dia do Município e padroeiro Santo Amaro Abade, assinalado a 15 de Janeiro.

“É um torneio que vai permitir que as equipas façam o período de pré-época em competição, para que possam entrar no início do campeonato com ritmo de jogo, com jogadores mais bem preparados fisicamente para poderem dignificar a modalidade, os seus clubes e o município do Tarrafal”, destacou o vereador como o objectivo da Taça Graciosa.

Relativamente aos prémios, Estrela dos Amadores recebeu uma moldura do Monte Graciosa como troféu, mas que vai ficar com a equipa durante três dias e depois devolver à edilidade.

Para que a equipa possa ficar com o troféu definitivamente, segundo a autarquia tarrafalense tem que vencer o torneio por três vezes, e não tem que ser consecutivo.

Ainda como prémios vão ser distinguidos o melhor clube, taça Fair-Play, guarda-redes menos batido, que vão ser entregues na Gala do Desporto do Município do Tarrafal, a realizar-se em Janeiro, no âmbito das festividades do padroeiro Nhu Santo Amaro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.