O Grupo Desportivo Varanda, agremiação desportiva que na última temporada voltou a ascender à primeira divisão do regional de Futebol de Santiago Sul, decidiu suspender a sua participação para esta época futebolística.

A direção do clube encarnado de Achadinha, segundo o dirigente Carlos Soares, tomou esta decisão, ainda que tardiamente, devido a dificuldades financeiras, “por falta de apoio de empresas”.

“Djodje”, como é conhecido no meio futebolístico, é perentório em afirmar que o Varanda não reúne condições financeiras necessárias para uma participação digna no campeonato, e argumenta que a direção tem estado a conseguir contornar o problema ano após ano, mas que a situação se torna insustentável.

Alega que o clube precisa de uma verba a rondar os 800 contos (7 mil, 255 euros) por época, para custear as despesas com atletas e administrativas, um investimento, segundo Djodje, fora do alcance dos dirigentes.

Considera ter chegado a um ponto que, sem apoio de forma sustentável e continuada, já não justifica correr riscos de chegar ao final de época, de forma conturbada e com problemas que colocam em causa a verdade desportiva.

Djodje lamenta que os patrocinadores estejam concentrados em “equipas grandes” mais emblemáticas, capazes de representar a ilha no nacional, e mostra-se inconformado, com o que considera “falta de interesse” de entidades nesta matéria.

Para este dirigente, já experimentado nas lides do futebol em Santiago Sul, a modalidade nesta região desportiva precisa de uma “remodelação de alto a baixo”, de forma que o campeonato possa ser mais transparente “e que a verdade desportiva não esteja a ser sistematicamente posta em causa”.

Fundada em 1982, a formação do Varanda tem estado, há muito, a dar a sua contribuição para o desenvolvimento do futebol de Santiago e de Cabo Verde, já que tem contribuído para o lançamento de alguns jogadores de renome da praça.

O clube competiu na primeira divisão durante oito épocas tendo baixado em 2015/16 ao segundo escalão para em 2016/17 conquistar o direito de regressar à primeira linha do futebol na região desportiva de Santiago Sul por mérito próprio.

A direção do Varanda já comunicou esta decisão à Associação Regional de Futebol de Santiago Sul, que se prepara para iniciar o campeonato a 03 de novembro próximo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.