A edição 2015 da Taça Independência sofre esta sexta-feira um interregno, depois da vitória da seleção de futebol de São Vicente sobre o Fogo por 3-1 e do empate, a uma bola, entre os combinados de Santiago e de Santo Antão.

A competição prossegue no sábado, 1 de agosto, com o confronto entre as seleções de São Nicolau e a da Boa Vista, em partida a contar para a segunda jornada do Grupo A.

A formação sanicolauense, que perdera por um 1-0 no jogo de abertura com a congénere do Sal, tem a derradeira oportunidade para conseguir a passagem às meias-finais, ao passo que os boavistenses, que vão fazer a sua estreia na competição, ainda vão defrontar a seleção anfitriã na próxima segunda-feira.

No outro jogo deste sábado, a seleção de São Vicente, que vem de uma vitória moralizadora frente ao Fogo, por 3-1, vai "apadrinhar" a estreia da Ilha do Maio na competição, jogo esse referente ao Grupo B.

As seleções do Sal, da Boa Vista e de São Nicolau partilham o Grupo A, o combinado do Fogo (detentor do título), São Vicente e Maio estão inseridos no Grupo B, ao passo que as seleções regionais de Santo Antão, Santiago e Brava dividem a 'poule' C.

De referir que ainda não há uma decisão sobre a participação da seleção da Ilha Brava na Taça Independência, uma vez que até agora não se descolou à ilha do Sal, alegando dificuldades financeiras.

De acordo com o calendário da competição, a seleção da "Ilha da Flores" tem a sua estreia na competição agendada para a próxima segunda-feira, 3 de agosto, ante a congénere de Santo Antão.

Na edição de 2013, realizada na ilha do Fogo, a Taça de Independência ficou com a seleção anfitriã, que derrotou São Vicente, na final, por 1-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.