O Clube Sportivo Mindelense derrotou na tarde deste sábado o Boavista da Praia, por 1-0, no Mindelo, e terminou a primeira fase de qualificação do campeonato de Cabo Verde como única equipa invicta do seu grupo.

Perante uma moldura humana que encheu por completo o Estádio Adérito Sena, as duas equipas encaixaram-se uma na outra, na primeira parte, durante largos períodos do jogo, e a bola andou mais no meio-campo, onde rarearam os espaços de construção. Houve muita luta, muita entrega dos dois conjuntos, mas sem lances de concretização.

Da primeira parte, e antes do golo do Mindelense, ficou o registo para quatro remates repartidos para as duas balizas, sempre controlados pelos guarda-redes Nana e Vozinha. Aos 36 minutos, o avançado Kudô, do Mindelense, em rasco individual, decidiu por um remate rasteiro e colocado, de fora da área, que deu o golo ao Mindelense. Depois do golo, e até ao intervalo, a equipa da casa fez uma gestão, com bola, da vantagem e conseguiu manter o Boavista longe da sua grande área.

Na segunda parte, o Boavista entrou mais solto, jogou muito tempo no meio-campo do Mindelense, mas o certo é que a cortina defensiva encarnada e o guarda-redes Vozinha chegaram para as encomendas.

Mesmo assim, o realce para dois lances em que o avançado encarnado Kudô surgiu isolado ante Nana, mas em ambas as jogadas o remate saiu à figura do guarda-redes do Boavista.

No final do jogo, o treinador Rui Alberto explicou que o Mindelense teve pela frente “um adversário de qualidade” mas que a vitória da sua equipa, concretizou, “não sofre contestação”. “Entrámos bem no jogo, conseguimos marcar na primeira parte, na segunda soubemos gerir e alcançar a vitória e o primeiro lugar no grupo, que era o que mais interessava. Cinco jogos, cinco vitórias”, lançou o treinador, que diz ter um sonho que espera concretizar neste campeonato.“Desejo uma final Mindelense – Derby”, vaticinou Rui Alberto Leite, em alusão à outra equipa de São Vicente que já se encontra qualificada para as meias-finais.

Por seu lado, o treinador do Boavista da Praia, Nelito Antunes, classificou o jogo de intenso e decidido, do seu ponto de vista, num lance individual. “Sabíamos que o Mindelense em casa é uma equipa forte, fizemos o nosso jogo e não fosse aquele rasgo individual que deu golo, o empate seria o resultado mais justo”, explicou o treinador boavisteiro, que criticou ainda a forma “negativa” como a sua equipa foi acolhida pela direção do Mindelense.

“Alimentação péssima, combinamos um menu e deram-nos outro, enfim estou de acordo com o treinador do Sporting da Brava, o Mindelense recebeu-nos muito mal”, criticou Nelito Antunes.

Contactado pelo Inforpress, o presidente do Mindelense, Adilson Nascimento, recusou, amavelmente, reagir às declarações do treinador do Boavista da Praia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.