A ONAD-CV considera que a proposta-de-lei sobre o regime jurídico da luta contra a dopagem no desporto em Cabo Verde, agendado para discussão na plenária de Maio, vai fazer valer os novos desafios impostos pela evolução do desporto.

A Organização Nacional Antidopagem de Cabo Verde (ONAD-CV) espera que esta proposta-lei crie um quadro legal, visando construir as bases para a edificação de uma cultura desportiva livre de dopagem e materializar as responsabilidades assumidas pelo Estado perante a Unesco, com a adesão à Convenção Internacional da Luta Contra a Dopagem no Desporto.

Em comunicado de imprensa, esta organização afirma que dentro destas acções vem realizando outras de sensibilização, de forma periódica, junto às estruturas desportivas do País, praticantes desportivos, estudantes do ensino secundário e sociedade em geral, e faz fé que o diploma contribua para harmonizar a legislação cabo-verdiana com o Código Mundial Antidopagem.

Relativamente ao processo de controlo de dopagem, explicita, o número vem aumentado todos os anos, tanto em competição como fora de competição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.