A seleção de São Vicente qualificou-se na tarde deste sábado para a final da Taça Independência em futebol, ao derrotar a congénere de Santiago por 1-0, em jogo das meias-finais disputado nos Mosteiros, ilha do Fogo.

O único golo do jogo foi apontado aos 41 minutos na transformação de uma grande penalidade, que castigou uma falta na área do defesa Loloti sobre o avançado Dany Koué.

Fredson, chamado a converter, fez o 1-0 para a seleção de São Vicente.

Na segunda parte, a um minuto do fim do jogo, a seleção de Santiago teve uma soberana oportunidade de empatar o jogo, quando beneficiou de uma grande penalidade, mas o médio Dário, chamado a converter o castigo máximo, atirou para a defesa do guarda-redes Fóck, de São Vicente.

A final da Taça Independência, prova que reuniu na ilha do Fogo as nove seleções das ilhas habitadas do arquipélago e uma formada por cabo-verdianos radicados nos Estados Unidos da América, disputa-se este domingo, 04, no Estádio 5 de Julho, São Filipe.

O outro finalista é a seleção do Fogo que derrotou Santo Antão, na outra meia-final, por 3-2. 

Ficha do jogo

Estádio José Rodrigues

Arbitragem: Fernando Semedo (Sal); árbitros auxiliares Graciano Silva (Sal) e Emílio Centeio (Fogo); quarto árbitro João Domingos Pires (Fogo)

São Vicente: Fóck (cap.); Bomba, Djosa, Mathauss e Guga; Pônk, Gaussou e Fredson; Adir, Dany e Tuíta

Suplentes: Tóll, Quat, Balacov, Djimkely, Djack, Flávio e Lobo

Treinador: Bassana

Santiago: Maguete; Kadu, Admar, Loloti (cap.) e Madjer; Tchesco, Dário e Tigana; Márcio, Ballack e

Suplentes: Nana, Nuna, Lito, Yannick, Ká, Tó e Tom,

Treinador: Beto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.