A equipa do Scorpions Vermelho de Santa Cruz, campeã regional de Santiago Norte, promete apresentar um «futebol vistoso», capaz de surpreender a concorrência «jogo-a-jogo», com olhos postos numa «boa prestação».

Essa é a expetativa do dirigente e lateral direito, Armindo Semedo, “Mano”, para quem o clube tem vindo a intensificar a sua metodologia de trabalho nos últimos dias, com vista a preparar-se, de forma conveniente, para regressar à prova rainha do futebol cabo-verdiano a nível de clubes, na sua máxima força.

Mano assegura que a equipa do Scorpions, que este ano fez a "dobradinha” ao conquistar, em simultâneo, o Campeonato Regional e a Taça de Santiago Norte, parte para o Campeonato de Cabo Verde com mais experiência para fazer valer os seus argumentos contra os adversários.

Em relação ao jogo inaugural, agendado para sábado, na sua primeira deslocação à ilha do Maio para defrontar a sua congénere do Académico 83, Mano disse tratar-se de um despique entre duas equipas que se desconhecem, mas que o seu clube vai encarar todos os jogos com o pensamento na vitória.

Ainda assim, vaticinou que Scorpions tem de mostrar o porquê de ter conquistado o seu quarto campeonato nesta região desportiva e a segunda Taça, em duas competições que, a seu ver, desgasta muitos os atletas.

Por isto, alega que nos últimos dias a equipa técnica tem vindo a redobrar os treinos, marcados, sobretudo, por exercícios de recuperação física para que a equipa do Scorpions possa representar «de forma condigna», o futebol de Santiago Norte.

O Scorpions, que integra o grupo B do Campeonato de Cabo Verde, edição 2012/13, constituído ainda pelo Sporting da Praia, Académica Porto Novo, Académica do Fogo, Solpontense e Académico 83 do Maio, parte sexta-feira para a ilha do Maio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.