A direção da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul marcou para a terça-feira, no Estádio da Várzea, o jogo em atraso da 16ª jornada entre o Sporting e o Tchadense.

Inicialmente agendado para o fim-de-semana anterior, este embate foi adiado face a deslocação do Sporting à ilha do Fogo, onde participou e venceu, em simultâneo, a primeira edição da Supertaça Cabo Verde e o Torneio Nacional Nhô São Filipe.

Já com o quadro no regional de Santiago Sul totalmente definido, o Sporting revalidou o título e o Tchadense fugiu à despromoção direta (Ribeira Grande regressou ao segundo escalão), enquanto o Desportivo da Praia conquistou o vice-campeonato, posição que lhe permite o acesso direto ao campeonato de Cabo Verde, resta aos leoninos lutarem para manterem a sua invencibilidade.

Apesar de ter alcançado duas vitórias ao longo deste campeonato, o Tchadense almeja infligir a primeira derrota deste regional aos "leões" da capital. Essa é a convicção Janito Carvalho, técnico do Sporting que não só vai jogar para terminar o campeonato de Santiago Sul invicto, mas também lutar para mais uma vitória e preparar-se para o campeonato de Cabo Verde.

O jogo entre o Sporting e o Tchadense encerra o regional de Santiago Sul da primeira divisão, quatro dias antes dos “leões da capital”, iniciarem a defesa do título de campeões de Cabo Verde, na receção aos campeões regionais de Santo Antão Sul, Académica do Porto Novo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.