O Senegal venceu hoje por 1-0 o Uganda e apurou-se para os quartos de final da Taça das Nações Africanas de futebol (CAN), que se realiza no Egito, enquanto o Benim surpreendeu Marrocos, no desempate por grandes penalidades.

No Cairo, os senegaleses chegaram ao triunfo por intermédio do ‘inevitável’ Sadio Mané, aos 15 minutos, perante uma formação do Uganda que nunca se deu por vencida e ofereceu réplica a um dos favoritos à conquista do troféu.

No segundo tempo, o avançado do Liverpool teve a oportunidade de ‘bisar’ na partida, na transformação de uma grande penalidade, mas acabou por permitir a defesa ao guarda-redes Onyango, aos 61 minutos.

Nos quartos de final, o Senegal, finalista da CAN em 2002, vai defrontar o Benim, que deixou pelo caminho Marrocos, ao vencer por 4-1 no desempate por grandes penalidades, depois do empate 1-1 que se registo no tempo regulamentar.

Moise Adilehou colocou o Benim na frente, aos 53 minutos, mas Youssef En Nesyri aproveitou um erro de um defesa adversário e repôs a igualdade, aos 76. Os marroquinos poderiam mesmo ter ‘carimbado’ o ‘passaporte’ para os ‘oitavos’ em tempo de compensação, só que Hakim Ziyech desperdiçou um penálti, aos 90+6.

Sem golos no prolongamento, durante o qual o Benim ficou reduzido a 10 elementos, por expulsão de Khaled Adenon, o jogo seguiu para o desempate por grandes penalidades, sendo que os beninenses concretizaram todos os pontapés e os marroquinos falharam dois.

O Benim continua a fazer história na competição, já que, nas três participações anteriores não tinha sequer passado da fase de grupos.

No sábado, prosseguem as partidas dos oitavos de final da CAN, com o campeão em título Camarões a defrontar a Nigéria, em Alexandria, antes de o anfitrião Egito jogar com a África do Sul, no Cairo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.