Marrocos, que hoje venceu por 1-0 a Costa do Marfim, é a quarta seleção a garantir a passagem aos oitavos de final da Taça das Nações Africanas (CAN) de futebol, que decorre no Egito.

Os marroquinos juntam-se aos previamente já garantidos Nigéria, Argélia e Egito e podem abordar com menos pressão a terceira jornada da fase de grupos desta CAN2019.

Com seis pontos, a liderança do grupo D está com Marrocos, enquanto Costa do Marfim e África do Sul, com três pontos cada, ainda têm uma palavra a dizer.

A África do Sul relançou-se após vencer a Namíbia por 1-0, numa jornada em que também se disputou o Tunísia-Mali do grupo E, que se saldou por um empate 1-1.

No Cairo, foi Youssef En-Nesyri, goleador do Leganés, de Espanha, que fez o golo marroquino, aos 23 minutos. Depois disso, os costa-marfinenses fizeram por reagir, mas sem resultados práticos.

Depois, no 'duelo' entre as seleções mais a sul do continente, foi um antigo jogador do Vitória de Guimarães, Bongani Zungu, a dar a preciosa vitória dos 'bafana bafana' sobre os rivais da Namíbia.

Na última jornada, a África do Sul joga contra Marrocos e a Costa do Marfim encontra-se com a Namíbia.

No Suez, o empate entre Mali e Tunísia deixou as contas do grupo E longe de estarem resolvidas. O resultado pode ser de feição para Angola, que em caso de vitória, no sábado, sobre a frágil Mauritânia salta para a frente do grupo.

O Mali vai comandando com quatro pontos, mais dois do que a Tunísia e três que Angola.

O jogo foi equilibrado e só 'acelerou' mesmo na segunda parte, com os golos de Samassekou aos 60, para o Mali, e Khazri aos 70, para a Tunísia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.