Angola e Guiné Bissau, únicas representantes dos países de língua oficial portuguesa no CAN2019, foram afastadas na primeira fase da 32ª edição, que decorre no Egito.

Os Palancas Negras ocuparam a terceira posição do grupo E, com dois pontos, fruto de dois empates e uma derrota.

Na primeira jornada repartiram pontos os tunisinos (1-1), na segunda nova igualdade (0-0) com a Mauritânia, e na última ronda perderam com o Mali, por 0-1, quando só precisavam de um empate para seguirem em frente.

Nesta série passaram malianos e tunisinos, com sete e três pontos, respectivamente. Angolanos e mauritanianos regressam mais cedo.

Já os guineenses ficaram na última posição do grupo F, com um ponto.

Na primeira ronda foram derrotados pelos Camarões, por 0-2, na segunda empataram a zero com o Benin e por último perderam com o Ghana, por 0-2.

Ganenses e camaroneses seguem em frente como primeiro e segundo classificados do grupo, enquanto Benin é repescado como um dos quatro melhores terceiros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.