A Guiné-Bissau está numa fase fina de um CAN pela terceira vez consecutiva. Os 'Djurtos' receberam e venceram o Congo por 3-0 em Bissau, num encontro onde estavam obrigados a vencer para ultrapassar os congoleses na tabela.

Nos descontos da primeira parte, Piqueti deu vantagem à seleção dos PALOP.

No segundo tempo, Frederic Mendy do Vitória de Setúbal, aos 73 e Jorginho aos 80 fizeram os outros tentos que colocam a Guiné-Bissau na fase final do CAN02022.

Os defesas Nanu (FC Porto) e Fali Candé (Portimonense), os médios Bura (Farense) e Pelé (Rio Ave) e o avançado Frederic Mendy (Vitoria de Setúbal) foram os 'portugueses' titulares.

A Guiné-Bissau esteve na CAN2017 no Gabão, em 2019 no Egito e vai estar agora nos Camarões.

Em declarações à Lusa, o avançado Frédéric Mendy, que alinha no Vitória de Setúbal, disse que o "futebol continua a dar alegria aos guineenses, apesar de todas as dificuldades" do país.

O selecionador guineense, Baciro Candé, que apurou a Guiné-Bissau nas três edições da CAN, disse à Lusa que "o momento é de saborear o apuramento e preparar depois a participação na CAN".

Mesmo com as restrições impostas pelo Alto Comissariado contra a covid-19, depois do fim da partida, houve festa entre os jogadores, dirigentes da Federação e adeptos.

O Senegal só aos 90+6 evitou humilhante derrota caseira frente a eSwatini. Os senegaleses venceram o Grupo I com 14 pontos, contra nove da Guiné-Bissau e oito do Congo. eSwatini terminou com dois.

A edição de 2021 do CAN foi adiada para o próximo ano nos Camarões, decorrendo entre 15 de janeiro e 28 de fevereiro de 2022.

Guiné-Bissau, Etiópia, Mauritânia, Camarões, Senegal, Argélia, Mali, Guiné-Conacri, Tunísia, Egito, Gâmbia, Gabão, Gana, Burkina Faso, Zimbabué, Guiné-Equatorial, Marrocos, Costa do Marfim, Comores, Nigéria, Sudão e Malawi já estão apurados.

*Artigo atualizado

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.