Com Eliseu e Carlos Martins em destaque no onze português “montado” pelo selecionador Paulo Bento, Portugal cumpriu o que lhe era exigido e venceu a Islândia por 5-3, em jogo da sétima jornada do Grupo H no apuramento para o Euro2012.

No Estádio do Dragão, a primeira seleção a criar perigo junto da baliza foi a Islândia mas Rui Patrício respondeu à altura, socando a bola para fora, respondendo às expetativas de Paulo Bento.

A seleção nacional deu provas da sua eficácia logo aos 7 minutos com o seu primeiro golo. Eliseu cruzou para o coração da área e Nani desviou de cabeça para o fundo das redes da baliza de Magnússon.

O avançado do Manchester United não demorou a dilatar a vantagem portuguesa, aproveitando um erro da defesa islandesa, para fazer o segundo da conta pessoal.

Com o 2-0 e com apoio dos adeptos no Dragão, Portugal ganhou mais confiança e chegou aos três golos perto do final do primeiro tempo com Hélder Postiga, que até aqui tinha tido uma ocasião flagrante de golo, a marcar.

A segunda parte começou com o golo da equipa islandesa, que esteve na cidade do Porto para disputar de igual para igual os três pontos, colocando a nu alguma falta de consistência defensiva, mais evidente em lances posteriores. Hallgrimur Jónasson reduziu a desvantagem para 3-1, dando mais confiança à equipa visitante.

Se à confiança do adversário juntarmos mais erros defensivos e algum relaxamento o rumo do jogo pode mudar. Isso não aconteceu no Dragão mas a equipa lusa tremeu quando viu a Islândia marcar o segundo golo, com Jónasson a bisar.

Quem também não esteve bem com a camisola das quinas, apesar do apoio português, foi Cristiano Ronaldo. O avançado do Real Madrid não conseguiu desequilibrar, mesmo com o peso que o madeirense carrega nas costas em todos os jogos da seleção nacional.

Para acalmar os corações portugueses, a faltar dez minutos para os 90, João Moutinho fecha o marcador na sua “casa”, após cruzamento de Eliseu, que correspondeu às expetativas. O lateral do Málaga foi o autor do quinto e último golo português com um remate rasteiro minutos depois.

Já em tempo de descontos, o árbitro assinalou grande penalidade a favor da Islândia. Sigurdsson marcou o terceiro mas já nada havia a fazer. Portugal saiu do Dragão com mais três pontos.

Com esta vitória, Portugal continua na primeira posição do grupo e um empate, na próxima terça-feira, em Copenhaga, basta para segurar a liderança do grupo, garantindo um lugar no Euro2012, que se disputa na Polónia e Ucrânia.

Também esta noite, a Dinamarca venceu o Chipre por 4-1. Portugal joga a sua última cartada nesta qualificação na terça-feira, na capital dinamarquesa.

Recorde-se que ambas formações têm 16 pontos e a Portugal basta um empate para garantir o primeiro lugar do Grupo H e o passaporte para a Polónia e Ucrânia em 2012. Caso haja um empate, a Dinamarca torna-se a segunda melhor classificada da qualificação, evitando o Play-off de acesso à fase final, entrando também diretamente no próximo campeonato europeu de futebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.