O secretário de Estado do Desporto e Juventude, Alexandre Mestre, disse hoje esperar que Portugal seja «conquistador» com Paulo Bento à frente da seleção portuguesa de futebol até 2014, após a renovação do contrato.
«Através dos mares fomos conquistadores, espero que através de Paulo Bento sejamos também conquistadores», declarou, falando à margem da apresentação da Agência Independente do Desporto e do Mar (AIDEM), na Marinha, em Lisboa.
Questionado pelos jornalistas sobre a renovação do contrato do selecionador com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), anunciada na semana passada, o governante disse ainda esperar a continuidade do sucesso da equipa portuguesa.
«Esperamos que o sucesso que Portugal teve no mar, noutros tempos, e que vai voltar a ter, seja também o sucesso que Portugal vai continuar a ter no futebol», referiu.
A definição do seu futuro antes do início do Euro2012, na Polónia e na Ucrânia, era uma das exigências que Paulo Bento fez durante a campanha eleitoral para a FPF, da qual saiu vencedor Fernando Gomes.
Paulo Bento chegou à seleção portuguesa a 21 de setembro de 2010, substituindo no cargo Carlos Queiroz, que tinha sido despedido, quando Portugal somava apenas um ponto em seis possíveis no início da qualificação para o Euro2012.
Na seleção, Paulo Bento conseguiu seis triunfos, um empate e uma derrota em jogos oficiais, conduzindo Portugal ao Euro2012.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.