Carlos Martins regressou aos eleitos de Paulo Bento e esta manhã, na chegada à concentração, garante que não pensa, para já, na titularidade.

«Falhei jogos porque não estava em condições. Agora estou e estou aqui de corpo e alma. Ser titular? Não sei, estou aqui para ser últi», disse o médio do Granada.

O jogador espera «dois jogos difíceis» frente à Islândia e Dinamarca e, embora o empate sirva, a seleção só pensa «em ganhar».

«[Frente à Islândia] vai ser difícil, vão estar com certeza mais fechados, temos de ter paciência», sublinhou.

Carlos Martins  respondeu ainda à sua estadia no Granada. Apesar da equipa não estar a atravessar um bom momento, o médio salienta que «tem qualidade».

«O Benfica é passado. Passei lá três anos excecionais, mas agora estou focado no Granada. Foi uma decisão muito pensada. Arrisquei», explicou.

Portugal defronta a Islândia na próxima sexta-feira, no estádio do Dragão, e vai à Dinamarca, na terça-feira, no derradeiro jogo da fase de apuramento para o Euro2012.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.