Com dois golos de Nicklas Bendtner, a Dinamarca venceu hoje a Noruega por 2-0 e juntou-se ao rival e a Portugal no comando do Grupo H de apuramento para o Euro2012 de futebol, que os lusos lideram.

Cumpridas seis das oito jornadas (a Noruega já cumpriu sete jogos), o trio comanda com 13 pontos: em outubro, Portugal defronta agora a Islândia no Porto e visita a Dinamarca, que joga no Chipre antes de receber os lusos.

Os noruegueses recebem o Chipre e são a equipa pior colocada para ir à Polónia e Ucrânia, pois perdem no confronto direto com a Dinamarca e têm muito pior relação de golos do que Portugal: o primeiro do grupo apura-se diretamente, enquanto o segundo disputa o “play-off”.

Portugal garante, praticamente, o “play-off” se vencer a Islândia em casa e, se isso acontecer, basta-lhe um empate na Dinamarca para ganhar o grupo.

A Dinamarca, que tinha empatado 1-1 na Noruega, assumiu o jogo e cedo criou perigo, com Lars Jacobsen (07 minutos), na cara do guarda-redes, a atirar contra as suas pernas, seguindo-se um cabeceamento de Michael Krohn-Dehli, que, em dificuldade, errou o alvo, sem Rune Jarstein por perto.

A Noruega também assustava e em contra-ataque Mohammed Abdellaoue (15) desperdiçou o facto de estar isolado, atirando forte, mas à figura.

Em lance rápido, Dennis Rommedahl isolou-se pela direita e cruzou atrasado para Nicklas Bendtner, que, depois de inteligentemente se ter deixado ficar para trás, só teve de fuzilar (1-0) para inaugurar o marcador.

Depois de ter ficado a queixar-se de puxão na área (39 minutos), Bendtner (44) recebeu a bola à entrada da área e disparou forte e colocado (2-0), solidificando a vantagem.

Já na segunda parte, um cruzamento mal medido ia, por sorte, dando golo à Noruega, mas na resposta Christian Eriksen viu o guarda-redes brilhar para lhe negar o golo.

A Noruega ia tentando minimizar o prejuízo, mas sem arte ou engenho, sendo mesmo a Dinamarca quem mais perto esteve de ampliar, pelo que nunca sentiu o seu importante triunfo em perigo.

Jogo no Parken Stadion, em Copenhaga.
Dinamarca – Noruega, 2-0.
Ao intervalo: 2-0.
Marcadores:
1-0, Nicklas Bendtner, 24 minutos.
2-0, Nicklas Bendtner, 44.

Equipas:
- Dinamarca: Thomsa Sorensen, Niki Zimling, Simon Kjaer, Daniel Agger, Nicolai Boilesen, Lars Jacobsen, William Kvist, Christian Eriksen, Michael Krohn-Dehli (Lasse Schone, 70), Dennis Rommedahl (Michael Silberbauer, 65) e Nicklas Bendtner (Nicklas Pedersen, 90).
(Suplentes: Stephan Andersen, Bo Svensson, Lasse Schone, Martin Jorgensen, Mads Junker, Michael Silberbauer e Nicklas Pedersen).
- Noruega: Rune Jarstein, Espen Ruud, Tom Hogli, Brede Hangeland, John Arne Riise (Daniel Braaten, 61), Kjetil Wahler (Vadim Demidov, 46), Alexander Tettey, Christian Grindheim, Havard Nordtveit, Erik Huseklepp (John Carew, 69) e Mohammed Abdellaoue.
(Suplentes: Espen Bugge Pettersen, Vadim Demidov, Henning Hauger, Ruben Yttergard Jenssen, Jonathan Parr, Daniel Braaten e John Carew).

Árbitro: Stéphane Lannoy (França).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Simon Kjaer (18), Brede Hangeland (67), Havard Nordtveit (72), Christian Grindheim (81), Daniel Braaten (83) e Tom Hogli (88).
Assistência: Cerca de 25.000 espetadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.