Paulo Bento vai partir para o Euro2012 de futebol com o título de selecionador mais jovem de todas as 16 seleções, cumprindo 43 anos durante a competição, quase menos 30 do que o “avô” Giovanni Trapattoni.

Fora das quatro linhas e ainda antes do pontapé de saída da competição, que decorre entre 08 de junho e 01 de julho, na Polónia e Ucrânia, já há vencedores no confronto direto entre os 16 selecionadores.

Do lado dos mais novos, o “prémio” vai para Paulo Bento, que nasceu a 20 de junho de 1969, nove meses depois do croata Slaven Bilic, o segundo treinador mais jovem do Euro2012.

Como o próprio nome indica, “a velha raposa” Giovanni Trapattoni é o veteraníssimo dos selecionadores.

Nascido na localidade de Cusano Milanino, junto a Milão, a 17 de março de 1939, o treinador que levou o Benfica à conquista do título português em 2004/05 vai dirigir a Itália frente à República da Irlanda, com 73 anos e três meses, praticamente com mais uma década do que o segundo mais velho, o holandês Dick Advocaat.

O selecionador da Rússia faz parte da maioritária “equipa dos 64”, composta também por Roy Hodgson, da Inglaterra, e Franciszek Smuda, da Polónia.

Além deles, e entre os sexagenários, estão o dinamarquês Morten Olsen, o espanhol Vicente del Bosque e o holandês Bert van Marwijk.

Acima da média etária, fixada nos 56 anos, está o português Fernando Santos, que estará na competição com quase 58.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.