O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, disse esta terça-feira esperar que Óbidos seja recordado como o local onde «começou a concretização do sonho», no Campeonato da Europa de 2012.

«A seleção nacional volta a um local que bem conhece, um local que foi uma referência, onde foi muito feliz em vésperas do inesquecível Euro2004 e onde terá excelentes condições para preparar da melhor forma a fase final do Euro2012», afirmou Fernando Gomes.

Durante a cerimónia de assinatura do protocolo com a Câmara Municipal de Óbidos (CMO) para a realização do estágio da equipa das "quinas" antes da competição, o presidente da FPF salientou que o «planeamento bem definido e atempado» poderá permitir que a presença lusa no Euro2012 seja a ambicionada.

«Para que isso aconteça, Óbidos terá um papel muito importante. Será aqui que o nosso grupo dará os primeiros passos de uma caminhada que desejamos seja longa. De 21 de maio a 02 de junho, Óbidos será, de facto, a capital do futebol português. Os olhos do nosso país e de muitos outros, nomeadamente através da cobertura de dezenas de jornalistas que acompanharão o estágio da nossa seleção, estarão postos neste concelho», explicou o dirigente, registando a facilidade no acordo com a autarquia de Óbidos que é «extremamente vantajoso para ambas as partes».

«Quando a seleção nacional se voltar a reunir no horizonte estará a Polónia e a Ucrânia. Esperemos que, no final desta aventura, possamos recordar que foi aqui, em Óbidos, que começou a concretização do nosso sonho», concluiu Fernando Gomes.

Na mesma ocasião, o presidente da CMO, Telmo Faria, prometeu total empenho da autarquia na resposta a «todas as condições desportivas e de preparação para que a seleção nacional tenha um grande desempenho no Euro2012», destacando a dificuldade dos adversários lusos no Grupo B da prova.

«Eu diria que o nosso grupo mais parece umas autênticas meias-finais e isso exige uma preparação e uma concentração da seleção nacional à qual a autarquia de Óbidos não ficou indiferente», frisou Telmo Faria, admitindo que acolher a equipa das "quinas" é um «grande desafio».

Dirigindo-se a Fernando Gomes, o autarca prometeu apoiar «com todos os recursos humanos, todas as capacidades e meios para o que até hoje não foi discutido ou elencado como necessário, a qualquer momento e em qualquer circunstância», à FPF.

«Eu espero que Óbidos venha a estar associado a mais um momento de glória nacional», sublinhou o presidente da CMO, ambicionando «uma grande prestação da seleção portuguesa no Campeonato da Europa».

A equipa das "quinas", cuja convocatória final para a prova, que vai ser disputada entre 08 de junho e 01 de julho, vai ser divulgada em 14 de maio, em Óbidos, onde vai concentrar-se em pré-estágio a 16 e 17 de maio, voltando a reunir-se em 21 de maio, antes de rumar a Opalenica, "quartel-general" durante o Euro2012, a 04 de junho.

Ainda antes de defrontar a Alemanha, a 09 de junho, e a Dinamarca, a 13 de junho, ambos em Lviv, e a Holanda, a 17, em Kharkiv, no Grupo B da prova, a disputar na Ucrânia, Portugal vai jogar dois particulares com Macedónia, em 26 de maio, previsivelmente em Leiria, e Turquia, em 02 de maio, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.