A França esteve este domingo a perder em casa até ao minuto 86 com a Islândia, em jogo de preparação para o Euro 2012 em futebol, mas num minuto deu a volta ao resultado e venceu por 3-2.

A modesta seleção islandesa surpreendeu a França na primeira parte, ao colocar-se em vantagem aos 27 minutos, por Bjarnasson, e ao aumentá-la aos 34, por Sigthorsson, resultado que se registaria ao intervalo.

A França, que esteve irreconhecível, com uma exibição apática e desgarrada, só conseguiu reduzir a diferença já na segunda parte, através do lateral direito do Lille Mathieu Débuchy, após assistência do avançado do Real Madrid Karim Benzema.

Quando se pensava que a seleção gaulesa já não conseguiria evitar uma derrota, à semelhança do que sucedeu no sábado com outras seleções favoritas à conquista do Euro 2012, como a Alemanha e a Holanda, eis que no espaço de um minuto, aos 86 e 87, marcou dois golos, o primeiro por Ribéry, que entrou a um quarto de hora do fim a render Gourcuff, e o segundo por Rami.

Em comum com os dois o facto de terem nascido ambos de passes do melhor marcador do campeonato francês, com 21 golos, Olivier Giroud, avançado do campeão Montpellier, que entrou em campo aos 59 minutos, a render Ben Arfa.

De notar que no último jogo entre as duas seleções, a França recebeu e venceu a Islândia em casa pelo mesmo resultado de hoje, 3-2, num jogo dramático de qualificação para o Euro2000, com David Trezeguet a marcar o golo do triunfo nos últimos minutos, colocando os “bleus” na fase final, a qual viriam a conquistar depois de eliminar Portugal nas meias-finais.

A França está inserida no grupo D do Euro 2012, juntamente com uma das seleções anfitriãs, a Ucrânia, além da Suécia e da Inglaterra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.