O novo selecionador de Inglaterra, Roy Hodgson, mostrou-se «orgulhoso» por assumir um cargo que «não será fácil» e para o qual pediu o apoio de «todo o mundo» para assim procurar ganhar o Europeu de futebol 2012.

«Somos uma nação do futebol e podemos ganhar (o Europeu). É difícil, porque o técnico que treinava esta seleção saiu há pouco tempo, mas não podemos pensar em outro objetivo que não a vitória. Farei o melhor que posso e espero contar com o apoio de todos», disse Hodgson na conferência de imprensa em Wembley, na qual foi apresentado como novo selecionador de Inglaterra.

Treinador do West Bromwich até agora, Hodgson vem colmatar o vazio deixado por Fabio Capello que saiu da seleção inglesa no dia 8 de fevereiro, após divergências com a Federação Inglesa de Futebol.

A apenas um mês do começo do Europeu de futebol, Hodgson não quis dar detalhes sobre os jogadores que pensa convocar, nem sobre quem irá nomear para capitão de equipa, após John Terry ter perdido a braçadeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.