O selecionador nacional Paulo Bento garantiu esta segunda-feira que no jogo de amanhã, frente à Dinamarca, Portugal «não vai jogar para o empate» e que «o objectivo é fazer golos».

«Será um jogo complicado mas isso não nos vai impedir de atacar e de buscar a vitória. Este é um jogo importante para Portugal. Mas não é mais importante para mim do que para o resto do país», disse.

Paulo Bento lembrou ainda o percurso da equipa desde a sua chegada, frisando que «melhor era impossível».

«É preciso não esquecer que o que há um ano era impossível tornou-se agora previsível».

Para amanhã, Paulo Bento disse esperar «uma equipa que faça um jogo equilibrado, sem perder a identidade», perante uma Dinamarca «coletivamente forte com três jogadores que podem desequilibrar a nível ofensivo: Bendtner, Rommedahl e Ericksen».

«É uma equipa tecnicamente evoluída e que, como nós, fez o pleno de pontos nos últimos cinco jogos da qualificação. Os números não mentem», terminou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.