O selecionador de futebol da Islândia disse hoje que "Portugal é uma das melhores seleções do Mundo", pelo que espera "grandes dificuldades" no jogo de sexta-feira, no Dragão, da penúltima ronda de qualificação para o Europeu2012.

«Estamos ansiosos por defrontar a seleção portuguesa. É, para nós, um grande desafio, dado que Portugal tem uma equipa recheada de jogadores que jogam nas melhores equipas do Mundo», disse Ólafur Johannesson.

O selecionador da seleção islandesa destacou, entre outros, Cristiano Ronaldo e Nani, mas sublinhou que «Portugal possui uma equipa com jogadores bons em todas as posições».

Ólafur Johannesson, que falava na conferência de imprensa de antevisão do jogo, no Dragão, disse que não iria poder contar com alguns jogadores, por lesão, mas que os seus substitutos eram igualmente bons.

Recordando o episódio que protagonizou antes do jogo na Islândia, em que disse que só retendo o passaporte de Cristiano Ronaldo era possível travar o jogador, Ólafur Johannesson confessou que «agora nem assim».

«Não tenho hipóteses de lhe tirar o passaporte aqui. Cristiano Ronaldo é excelente e tudo iremos fazer para o tentar parar, mas Portugal tem muitos bons jogadores, em todas as posições, e não podemos pensar apenas nele», disse.

O "capitão" da seleção da Islândia, Sólvi Jonsson, que joga nos dinamarqueses do Copenhaga, espera igualmente um jogo muito difícil frente a Portugal, seleção que, mesmo com lesionados, é de elevado nível.

«Vai ser um jogo muito difícil para nós e só espero que possamos estar ao nosso melhor nível para deixar uma boa imagem no encontro com Portugal», referiu Sólvi Jonsson.

Thór Sigurdsson, que atua nos alemães do Hoffenheim, partilha da mesma opinião do seu "capitão" Sólvi Jonsson e, apesar de destacar Cristiano Ronaldo e Nani, reforçou que «Portugal é uma seleção que vale pelo seu todo».

«Não nos podemos concentrar apenas num ou noutro jogador», referiu Thór Sigurdsson, que espera que a sua seleção deixe uma boa imagem no jogo de sexta-feira no Dragão.

A possibilidade de o jogo decorrer sob temperaturas um pouco mais alta do que a esperada, comparativamente com os valores registados na Islândia, não incomoda Thór Sigurdsson, que refere que os jogadores estão habituados, pois jogam praticamente tidos fora do seu pais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.