A presença na final do Europeu de futebol de 2012, marcada para Kiev, obriga a seleção portuguesa a percorrer 15.830 quilómetros, caso vença o Grupo B, ou 19.130, se terminar em segundo na “poule”.

A primeira viagem leva a comitiva lusa de Lisboa a Opalenica, na Polónia, local do “quartel-general”, numa distância de cerca de 3.000 quilómetros. Só para disputar os dois primeiros jogos, frente a Alemanha e Dinamarca, ambos em Lviv, na Ucrânia, a equipa das “quinas” vai percorrer 2.800 quilómetros.

Portugal fecha o grupo primeira fase em Kharkiv, também na Ucrânia, frente à Holanda, naquela que será a sua maior deslocação da primeira fase, numa viagem de 3.300 quilómetros, contabilizando a ida e a volta. Só nesta fase, a seleção portuguesa perfaz 9.100 quilómetros de neutralizações.

Caso seja eliminado, adicionam-se apenas mais 3.000 quilómetros a esta soma, para o regresso a Lisboa. No entanto, caso garanta a qualificação para os quartos-de-final, existem dois cenários possíveis, um mais longo, se for segundo no Grupo B, e outro mais curto, em caso de vitória no agrupamento.

O vencedor da “poule” vai disputar os quartos-de-final em Gdansk, na Polónia, frente ao segundo classificado do Grupo A (Polónia, Rússia, República Checa e Grécia), totalizando 700 quilómetros nas deslocações de e para Opalenica.

Se vencer, Portugal vai jogar em Varsóvia e percorrer “apenas” mais 700 quilómetros, enquanto a chegada à final de Kiev acrescenta mais 1.170 quilómetros a esta “maratona”, que só terá fim em Lisboa (cerca de 4.160).

O outro caminho para chegar à capital ucraniana e disputar o encontro decisivo, marcado para 01 de julho, é através do segundo lugar no Grupo B.

Neste caso, Portugal começa por jogar os “quartos” em Varsóvia, a apenas 350 quilómetros de Opalenica, mas se prosseguir em prova avança para Donetsk, na Ucrânia, a 2.000 quilómetros do “quartel-general”.

Além de ter ficado integrado no “grupo da morte”, Portugal vai disputar os jogos da primeira fase nos estádios que estão mais distantes entre si (1.015 quilómetros), comparativamente com os outros três agrupamentos.

O resultado do sorteio de 02 de dezembro de 2011 ditou também que Portugal não possa jogar nas duas cidades-sede mais próximas de Opalenica, casos de Wroclaw (180) e Poznan (40), palcos dos jogos do Grupo A. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.