O defesa internacional português Ricardo Costa, pré-convocado para o Euro2012 de futebol, disse hoje ter esperança em fazer parte da lista final do selecionador Paulo Bento, a divulgar na segunda-feira, e apontou objetivos para a seleção.

Ricardo Costa considera que Portugal tem de se preocupar inicialmente em passar a fase de grupos do Europeu, apesar de estar num grupo com «adversários muito difíceis», como são a Holanda (vice-campeã mundial), a Alemanha (terceira no Mundial) ou a Dinamarca.

«Temos de ir jogo a jogo», defendeu o futebolista que tem mais um ano de contrato com o Valência e que deseja cumprir, depois de uma temporada que considerou ter sido «muito boa».

«A minha intenção é continuar aqui. Tenho contrato com o Valência. Não sei o que pensará o novo treinador, mas até hoje não houve razão para mudar a equipa. Sou um dos ‘capitães’, uma referência e quero continuar. Se depender de mim, fico», disse.

O defesa destacou que o Valência conseguiu um dos objetivos traçados no início da temporada e assinalou que poucas equipas na Europa jogaram duas meias-finais, casos da Taça do Rei e da Liga Europa, e foram terceiros nos seus campeonatos.

«Em Espanha não se pode fazer mais do que ambicionar o terceiro lugar, porque FC Barcelona e Real Madrid têm um orçamento e jogadores de outro nível. Se têm jogadores que podem, cada um, fazer 50 golos, não há nada a fazer», justificou.

Ricardo Costa reiterou a ideia de ter sido um bom ano, mesmo com a sensação de que se poderia fazer mais em alguns jogos:

«Mas como todas as equipas, há momentos mais altos e outros mais baixos.»

Em relação à decisão do clube em não renovar com o treinador Unai Emery – o clube anunciou a entrada de Mauricio Pellegrino -, Ricardo Costa disse que cabe aos jogadores aceitarem a decisão do presidente e desejar o melhor ao novo técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.