Exemplo de determinação, Varsóvia, conhecida como a “Cidade da Fénix”, por ter superado várias guerras, vai ser o primeiro “palco” do Campeonato da Europa de futebol de 2012, organizado conjuntamente por Polónia e Ucrânia.

A histórica capital polaca foi praticamente dizimada durante os seis anos da II Guerra Mundial, com a população a rebelar-se duas vezes contra a invasão alemã, primeiro no gueto e depois em toda a cidade, com enormes custos.

Calcula-se que 85 por cento das suas construções tenham ficado destruídas e que tenham morrido 800 mil pessoas. No entanto, a “segunda Paris” reergueu-se.

As ruas, os edifícios e igrejas do centro histórico, reconhecido como património mundial da UNESCO em 1980, foram reconstruídas minuciosamente, enquanto o regime soviético “influenciou” na edificação de enormes blocos de prédios e na criação de enormes avenidas na zona leste da cidade, a paredes-meias com as traças tradicionais.

Em 14 de maio 1955, a capital polaca ofereceu o nome a um alinhamento entre países socialistas do Leste europeu, o Pacto de Varsóvia, que só expirou 36 anos depois, com a queda dos governos socialistas e o “derrube” do Muro de Berlim.

Com mais de 1,7 milhões de habitantes, Varsóvia é atualmente a maior cidade polaca e também das que apresenta melhor dinâmica na indústria, cultura e ensino superior.

Varsóvia orgulha-se de ter como “filhos” o compositor Fryderyk Chopin e Marie Skłodowska-Curie, a primeira mulher a receber o prémio Nobel da Física, em 1903, tendo recebido o da Química, em 1911. Outro ilustre, igualmente simbólico, é o "Aniołek" (pequeno anjo) Mordechaj Anielewicz, que liderou a revolta do gueto judaico de Varsóvia durante a ocupação nazi.

A cidade é atravessada pelo rio Vístula, junto ao qual foi construído o Estádio Nacional de Varsóvia, aproveitando o espaço do antigo Estádio do Décimo Aniversário, que, desde 1989, tinha sido construído num mercado.

O recinto, que custou 500 milhões de euros e tem uma capacidade para 50 mil espetadores, é o único “palco” do Euro2012 que pode ficar totalmente coberto, com um sistema retrátil semelhante ao aplicado no estádio de Frankfurt, na Alemanha.

A seleção portuguesa empatou a zero frente à Polónia na estreia do novo estádio, cuja fachada, coberta com painéis vermelhos e brancos, recria a bandeira polaca.

Durante o Euro2012, Varsóvia acolhe o Grupo A, com dois jogos da Polónia frente à Grécia, no jogo inaugural, a 08 de junho, e da Rússia, a 12, e o embate entre gregos e russos, a 16, e, na segunda fase, recebe um jogo dos quartos de final e outro das “meias”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.