O espetador que invadiu o campo quando se jogava na quinta-feira o Polónia-Portugal (1-1 após prolongamento, 3-5 nas grandes penalidades), já no prolongamento, é um suíço, adepto da seleção portuguesa de futebol.

O adepto saltou a grade de proteção no Estádio Vélodrome, em Marselha, e correu em direção a Cristiano Ronaldo, com o intuito de o abraçar, quando se jogava já o prolongamento do primeiro jogo (110 minutos) dos quartos de final do Euro2016.

Os seguranças conseguiram segurar o adepto, em pleno relvado, e o mesmo acabou detido pela polícia.

É a segunda vez no Europeu que um adepto salta para o relvado e se dirige ao ‘capitão’ da seleção lusa, depois de ter acontecido mesmo no final do jogo da fase de grupos entre Portugal e Áustria (0-0), e que acabaria por tirar uma fotografia com o jogador.

Na ocasião, a UEFA multou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), considerando-a responsável pelo incidente.

Na quinta-feira, em Marselha, a polícia deteve, antes e depois do jogo, sete adeptos polacos e no decorrer do encontro teve que intervir para separar adeptos numa das zonas da bancada, antes da primeira parte.

Portugal acabaria por eliminar a Polónia nas grandes penalidades e apurar-se para as meias-finais do Euro2016, nas quais vai defrontar na quarta-feira, em Lyon, o vencedor do encontro entre o País de Gales e a Bélgica.

Veja a nossa galeria de fotos com as duas invasões

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.