O treinador espanhol Vicente del Bosque, de 65 anos, vai deixar o cargo de selecionador de futebol de Espanha, informou hoje a Federação espanhola de futebol (RFEF), em comunicado.

“O presidente da RFEF, Ángel María Villar, e o selecionador nacional, Vicente del Bosque, reuniram-se hoje em Madrid, num encontro em que o selecionador manifestou ao presidente da RFEF a sua vontade de não continuar à frente da seleção”, refere a nota.

O comunicado diz ainda que o responsável máximo da federação ofereceu a Del Bosque, que diz ser “património do futebol espanhol”, a possibilidade de continuar ligado à Federação e que este aceitou o desafio.

O técnico, que conduziu a Espanha ao seu primeiro título mundial em 2010, batendo na final a Holanda (1-0), e ao título europeu de 2012, vencendo a Itália (4-0), acabou por falhar no Mundial de 2014 e no Europeu de 2016.

No Mundial do Brasil, a Espanha foi afastada ainda na fase de grupos e, no Europeu, que decorre em França, a equipa bicampeã europeia em título saiu nos oitavos de final, derrotada pelos transalpinos por 2-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.