O internacional islandês, Eidur Gudjohnsen, abordou este sábado o jogo de estreia da sua equipa no Euro2016 e recordou as dificuldades em perspectiva perante os grandes favoritos a vencer o grupo.

"Sabemos que Portugal é o favorito do grupo. Tem uma grande equipa e um sem número de jogadores que podem mudar um jogo de um momento para o outro. Podemos perder mesmo que façamos o nosso melhor jogo", afirmou o avançado islandês.

"Este Europeu era o que faltava na minha carreira. Significa o Mundo jogar aqui em França. Um enorme orgulho. É claro que estava à espera de ser chamado. Foi por isso que eu continuei a jogar até hoje. Sinto-me bem, continuo a amar este jogo e enquanto sentir que posso ajudar a equipa, vou continuar", acrescentou o jogador de 37 anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.