Os jogadores franceses poderão ter recorrido ao doping no jogo frente a Alemanha, nas meias-finais do Euro2016.

A notícia foi avançada pela revista alemã ´Sport Bild`, num artigo documentado com fotos que terão sido tiradas no interior do balneário da seleção francesa, nas quais se podem ver embalagens de Guronsan, um desintoxicante à base de cafeína, glucuronamida e ácido ascórbico.

O Guronsan não está na lista de subsbstâncias proibidas da Agência Mundial Antidopagem (AMA), mas Fritz Sorgel, perito consultado pela ´Sport Bild` afirma:

"De acordo com o código antidopagem da AMA, qualquer tentativa de ganhar vantagem sobre o adversário que não seja feita com recurso ao próprio organismo é considerada doping. Por isso, para mim, Guronsan é doping. Está provado que a cafeína ajuda a melhorar o desempenho físico e também aumenta as capacidades cognitivas, o que significa melhor velocidade de resposta", justifica Sorgel.

Diz ainda Sorgel que as vantagens do Guronsan ocorrem quando o produto é consumido imediatamente antes, ou mesmo durante o intervalo, de um jogo.

De recordar que a França venceu a Alemanha por 2-0, nas meias-finais do Euro2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.