A procuradoria de Paris disse hoje à Lusa que a agressão que envolveu adeptos portugueses no domingo à noite "não teria visado os adeptos nem acontecido no âmbito do Euro", falando em "rixa entre dois grupos de pessoas".

"O que parece é que o ocorrido não teria visado os adeptos, nem acontecido no âmbito do Euro. Teriam sido atos de violência cometidos por indivíduos que tentavam roubar garrafas de álcool num bar e houve uma reação da parte dos clientes que estavam presentes, alguns portugueses que deviam ver o jogo, mas não foram atacados por serem adeptos portugueses. Eles reagiram simplesmente a uma tentativa de roubo e seguiu-se uma altercação, uma rixa entre dois grupos de pessoas com pessoas feridas", indicou fonte da procuradoria.

A mesma fonte indicou que foi aberta uma investigação por ofensas à integridade física agravadas e indicou que se estão a ouvir todas as testemunhas e "a tentar recuperar eventualmente vídeo para clarificar a situação".

A procuradoria de Paris explicou que "os agressores estão em fuga" e "foram identificados seis feridos, para já, incluindo um ferido mais grave, um português".

"O jornal Le Parisien falou em ataque visando adeptos portugueses no âmbito do Euro, mas os primeiros elementos que temos não apontam para essa história. Estamos mais no quadro de um grupo de pessoas que entraram num bar e quiseram roubar garrafas de álcool e houve uma reação dos clientes presentes, a maioria portugueses pelo que percebi, que se interpuseram para evitar esta tentativa de roubo e seguiu-se uma rixa", apontou a mesma fonte.

Na segunda-feira, a polícia de Paris confirmou à agência Lusa que "um grupo de pessoas foi agredido por um grupo de indivíduos com armas brancas" na capital francesa, no domingo, na noite em que Portugal conquistou o título de campeão europeu.

"Foi por volta das duas da manhã, no 15.º bairro de Paris, que um grupo de pessoas foi agredido com armas brancas e há um ferido grave, que seria um adepto português. Os autores da agressão estão em fuga. Os serviços judiciários foram contactados", disse à Lusa fonte da polícia de Paris.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.