O médio Aaron Ramsey, castigado, disse hoje acreditar que o País de Gales não vai sentir a sua falta na partida com Portugal das meias-finais do Euro2016 de futebol, marcada para quarta-feira em Lyon, França.

Na sexta-feira, o País de Gales eliminou a Bélgica, por 3-1, num encontro em que o médio do Arsenal fez duas assistência e viu o segundo amarelo na competição, devido a uma mão na bola.

“Foi uma reação natural e soube de imediato que ia ser cartão amarelo”, disse Ramsey, uma das grandes figuras da seleção galesa, a par com Gareth Bale.

Apesar do desalento de ter visto o amarelo que afasta do confronto com Portugal, Ramsey disse estar confiante para o encontro com Portugal.

“Estou desapontado. Mas estou confiante nos jogadores que temos para jogar e que são capazes de nos levar à final”, referiu o médio.

O jogador do Arsenal já fez quatro assistências em cinco encontros no Euro2016, mostrando-se “encantado” por ter ajudado o estreante País de Gales a chegar a uma histórica meia-final.

“Agora temos de vencer Portugal. Não vou jogar, mas estarei a apoiar a minha equipa, gritando por eles e chutando cada bola. Espero que eles consigam”, referiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.