Em entrevista à UEFA, o guardião recordou o encontro frente à Polónia, antecipou o embate contra a equipa de Gareth Bale e agradeceu o apoio dos portugueses em França.

Polónia

"Foi um jogo muito difícil, com muitas emoções, assim como foi o jogo anterior, e como têm sido todos até aqui. Contudo, conseguimos o principal objetivo, que passava pelo apuramento. Não gosto muito de individualizar porque todos lutam pelo mesmo objetivo. Nos penaltis há uma pressão diferente relativamente ao resto do jogo. Foi um bom momento para nós e todos estiveram à altura, mesmo os que não marcaram, que apoiaram bastante. A forma como o grupo tem trabalhado até aqui tem sido fantástica e por causa disso estamos onde estamos", afirmou.

Meia-final com Gales

"Esperamos um jogo muito complicado como têm sido todos até aqui, contra uma seleção com muitos golos marcados, muito forte ofensivamente e muito bem organizada. Contudo, sabemos a nossa qualidade e o que queremos é passar. Vamos fazer o nosso jogo, tal como temos feito até aqui, para conseguir o apuramento para a final".

Apoio dos portugueses

"Temos sempre pessoas a apoiar e a puxar por nós, algo muito positivo e que nos dá uma força muito grande. Temos visto as imagens do apoio em Portugal e um pouco por todo o Mundo. A forma como as pessoas se juntam para ver os jogos tem sido incrível. É fantástico vê-los vibrar com os lances e com tudo o que acontece no jogo e com as vitórias. Isso deixa-nos orgulhosos e dá-nos ainda mais força".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.