Após a derrota da Bélgica frente ao País de Gales que ditou o adeus ao Euro, viveram-se momentos quentes no balneário entre Thubaut Cortouis e Marc Wilmots.

O guardião terá dirigido palavras críticas em relação ao seu selecionador, e o bate-boca terá dado origem a confrontos físicos.

"Cometemos os mesmos erros táticos que no jogo com a Itália. Tenho de medir as palavras porque estou de cabeça quente. Se Wilmots deve ficar? Essa resposta só ele pode dar, mas deve tomar a decisão que melhor sirva os interesses do futebol belga", afirmou o jogador no final da partida.

A Federação já veio desmentir qualquer episódio de violência ocorrida no balneário.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.