Diogo Jota foi o jogador escolhido para falar na manhã deste domigo aos jornalistas durante o estádio da Seleção Nacional em Budapeste e explicou como foi vivido entre a comitiva portuguesa o momento em que Christian Eriksen colapsou e caiu inanimado no relvado durante o Dinamarca-Finlândia de sábado

"Vivemos tudo com algum sobressalto, infelizmente não tive a oportunidade de partilhar o balneário com o Eriksen, mas cheguei a jogar contra ele. É uma situação que nos toca a todos, tínhamos ficado todos sobressaltados. Ficámos felizes com as notícias da recuperação, resta desejar-lhe as melhoras, que possa recuperar sem grandes mazelas", começou por dizer o avançado do Liverpool.

O internacional português destacou a rápida e eficaz ação dos médicos perante o sucedido. "São situações imprevisíveis, não sabemos se há algo na base do acontecimento. Tudo o que se passou depois foi benéfico: a assistência que o jogador teve foi positiva. Não podemos prever estas situações, mas a resposta estava preparada, segundo as informações que circulam foi uma ação rápida", assinalou.

Acompanhe as notícias e reportagens do Euro 2020 no Especial do SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto