O selecionador italiano de futebol, Roberto Mancini, apelidou hoje Portugal e a Bélgica, os possíveis adversários da ‘squadra azzurra’ nos quartos de final do Euro2020, como “duas equipas extraordinárias”.

No final do triunfo sobre a Áustria, por 2-1, após prolongamento, no segundo encontro dos ‘oitavos’, Mancini foi questionado sobre qual o adversário que pretendia encontrar na fase seguinte, mas, naturalmente, não escolheu.

“Bélgica ou Portugal nos quartos? São duas equipas extraordinárias, é difícil...”, afirmou o selecionador transalpino, que, em relação ao embate com a Áustria, afirmou que a Itália justificou o triunfo.

Segundo Mancini, “a Itália podia ter marcado na primeira parte, sofreu na segunda, mas, no fim, ganhou e foi merecido”.

O selecionador elogiou ainda os suplentes Federico Chiesa e Matteo Pessina, que entraram e marcaram os dois golos dos transalpinos, aos 95 e 105 minutos. Para a Áustria, faturou Sasa Kalajdzic, que também saltou do banco, aos 114.

Nos quartos de final, a Itália vai defrontar a Bélgica ou Portugal, que se defrontam no domingo, no Estádio de La Cartuja, em Sevilha, a partir das 21:00 locais (20:00 em Lisboa), com arbitragem do alemão Felix Brych.

O acesso às meias-finais será disputado na sexta-feira, no Allianz Arena, em Munique, na Alemanha, a partir das 21:00 locais (20:00 em Lisboa).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.