Inglaterra e Estados Unidos defrontam-se, esta terça-feira, pelas 20 horas, em jogo das meias-finais do Mundial de futebol feminino e, de acordo com o Guardian, elementos da Federação Inglesa de Futebol apanharam duas pessoas da delegação dos Estados Unidos nas imediações do Hotel Fourvière, onde as inglesas treinavam à porta fechada.

Segundo a publicação, os dois homens encontravam-se a visitar os quartos que tinham visão aberta para o lugar onde estavam a decorrer a sessão de treino.

Questionada sobre o assunto, Jill Ellis, treinadora das norte-americanas, negou qualquer acusação de espionagem.

Já Phil Neville quis evitar qualquer tipo de polémica, deixando um aviso à equipa adversária.

"Espero que tenham gostado do nosso hotel, mas se fossemos nós não teríamos mandado alguém ao local onde elas estavam. Isso vai da consciência de cada um”

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.