O treino desta terça-feira da equipa de futebol feminino do Benfica contou com a presença de Simão Sabrosa, figura emblemática da história encarnada.

O antigo internacional português assistiu a uma sessão de trabalho na qual a formação liderada por Luís Andrade preparou o primeiro dérbi frente ao Sporting, agendado para o próximo sábado, às 17h00, no Estádio da Luz.

"Tenho acompanhado o futebol feminino. É motivante poder jogar num grande palco, no Estádio da Luz, perante milhares de adeptos. Num sítio onde as condições são diferentes, onde só por ser dérbi já é motivador", afirmou o antigo futebolista, em declarações ao site do Benfica, antes de salientar que o trabalho de equipa é fundamental para vencer nestes encontros entre rivais.

"É fácil de falar em trabalho de equipa, mas, ao mesmo tempo, difícil de o conseguir. Num jogo de um grau de dificuldade menor, uma ou duas jogadoras podem resolver, mas este tipo de jogos, grandes jogos, são ganhos pelo trabalho em equipa. É fundamental para que depois uma ou outra jogadora possa desequilibrar ou resolver", atirou.

Entre 2001 e 2007, período em que atuou de águia ao peito, Simão Sabrosa disputou muitos dérbis enquanto jogador encarnado, tanto no antigo como no novo Estádio da Luz, O ex-futebolista diz que este palco, por si só, é "motivante".

"Joguei lá muitos jogos e era fantástico jogar no Estádio da Luz, com os adeptos a apoiarem-nos. Quem me dera poder voltar a jogar lá, mas tudo tem um início e um fim. Foram seis anos maravilhosos, de aprendizagem e de conquistas. Até nas derrotas aprendi muito e cresci muito como ser humano e como profissional", rematou

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.