O Galatasaray, adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, desperdiçou hoje a oportunidade para subir provisoriamente à liderança da Liga turca de futebol, ao empatar 2-2 em casa com o rival Fenerbahçe, em jogo da 11ª jornada.

A equipa de Fathi Terim chegou a estar a vencer por 2-0, mas permitiu que o Fenerbhaçe recuperasse até 2-2 e estivesse mais perto do 3-2 no último quarto de hora de jogo, que terminou com um ‘sururu’ generalizado, com agressões mútuas e perseguições entre jogadores de ambas as equipas em pleno relvado, já depois do árbitro ter apitado para o fim da partida.

O médio defensivo holandês Ryan Donk colocou o Galatasaray em vantagem a partir dos 31 minutos e no recomeço o lateral direito norueguês Martin Linnes aumentou para 2-0.

No entanto, a reação do Fenerbahçe, que sofreu uma ‘chicotada psicológica com o recente despedimento do treinador holandês Phillip Cocu, rendido pelo seu adjunto e compatriota Erwin Koeman, deu frutos, com o ex-internacional francês Mathieu Valbuena a reduzir para 2-1, de penálti, e o brasileiro Jailson a restabelecer o empate, aos 72, após assistência do mesmo Valbuena.

Com este empate, o Galatasaray é segundo classificado, com 20 pontos, menos um do que o líder Basaksehir, que temos menos um jogo e recebe no sábado o Besiktas, quarto classificado, com 18 pontos. O Kasimpasa ocupa a terceira posição, com 19 pontos, e recebe no sábado o Antalyaspor, quinto classificado.

O Fenerbahçe ocupa um surpreendente 15º lugar, um apenas cima da ‘linha de água’, com 10 pontos somados em 11 jogos.

O Galatasaray integra o grupo D da Liga dos Campeões Europeus, juntamente com o FC Porto, que lidera com sete pontos, seguido dos alemães do Schalke, com cinco, do campeão turco, com quatro, e dos russos do Lokomotiv Moscovo, com zero pontos.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.