Atualmente ao serviço do Boavista, Adil Rami salientou a falta que Karim Benzema faz à seleção francesa, pela qual não alinha há cinco anos.

"É muito frustrante não ter Benzema na equipa. Dizer isto não é ter alguma coisa contra Giroud. Também precisamos de Giroud, porque ele é um goleador, mas se houvesse uma reconciliação com o treinador, seria ótimo ver Benzema novamente de azul. É demasiado estúpida esta história. Se é preciso desculpar-se publicamente ou na frente do treinador, faz isso Karim. Pensa nos bleus", pediu Adil Rami, campeão do Mundo pela França em 2018, em declarações ao Le Parisien.

Recorde-se que a ausência de Benzema está ligada ao caso Valbuena, que remonta a 2015, quando o avançado internacional francês foi acusado de chantagem ao seu ex-companheiro de seleção Valbuena, atualmente ao serviço dos gregos do Olympiacos, com um vídeo de cariz sexual.

Desde então, o avançado do Real Madrid foi vetado na seleção de França, efetuando o último jogo em 08 de outubro 2015 e falhando o Euro2016 e o Mundial2018.

Na ocasião, o avançado 'merengue' terá admitido ter falado com Valbuena, mas a pedido de um amigo de infância, que foi abordado por três chantagistas que estavam na posse de um vídeo de sexo e que pretendiam 150.000 euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.