O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, vai recandidatar-se ao cargo no organismo máximo do futebol europeu, anunciou hoje a federação do seu país, a Eslovénia.

A federação comunicou o envio de uma candidatura formal à UEFA, a mais de dois meses da data limite para apresentação de propostas, 07 de novembro. As eleições realizam-se em 07 de fevereiro de 2019, em Roma.

As federações de Itália, Irlanda, Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia, Islândia e Ilhas Faroé já manifestaram o seu apoio à candidatura de Ceferin.

O esloveno foi eleito em setembro de 2016, substituindo o francês Michel Platini, cujo mandato foi interrompido pela suspensão que lhe foi imposta pela FIFA.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.