O turco Caner Erkin, do Besiktas, terá de comparecer perante um juiz “nos próximos dias”, depois de um tribunal turco ter hoje aberto um processo contra o futebolista por insultar um árbitro, noticiou a agência noticiosa Anadolu.

Segundo a agência estatal turca, Erkin, de 29 anos, pode ser condenado até dois anos de prisão pelos insultos ao árbitro Mete Kalvakan, num jogo contra o Basaksehir, em 23 de outubro de 2017.

O defesa terá insultado o árbitro depois de ver um cartão amarelo, algo negado pelo antigo jogador do Fenerbahçe e do Galatasaray, no Besiktas desde o início da temporada. Erkin representou a seleção turca por 53 ocasiões.

O Besiktas, no qual jogam os portugueses Pepe e Ricardo Quaresma, é segundo classificado na Liga turca, que venceu nos últimos dois anos, e disputa na quarta-feira, em Istambul, a segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, frente ao Bayern de Munique, depois de os alemães terem goleado no primeiro jogo (5-0).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.