O Celtic conquistou hoje a sua 40.ª Taça da Escócia em futebol, e quarta consecutiva, ao bater na final da edição 2019/20 o Hearts por 4-3, no desempate por penáltis, após 3-3 nos 120 minutos.

O conjunto de Glasgow esteve a vencer por 2-0 e, já no prolongamento, por 3-1, mas só arrecadou o troféu na ‘lotaria’, com apenas um falhanço, de Ryan Christie, contra dois do conjunto de Edimburgo, de Stephen Kingsley e Craig Wighton.

Ryan Christie, curiosamente, abriu o marcador, aos 19 minutos, com o francês Odsonne Edouard a aumentar a vantagem, aos 29, na transformação de uma grande penalidade.

Na segunda parte, o Heart of Midlothian reagiu e conseguiu restabelecer a igualdade, com tentos de Liam Boyce, aos 48 minutos, e Stephen Kingsley, aos 67.

O encontro foi para prolongamento e o conjunto do norte-irlandês Neil Lennon vou a adiantar-se, aos 105+1 minutos, por Leigh Griffiths, só que, mais uma vez, o Hearts empatou, agora pelo inglês Josh Ginnelly, aos 111.

Nos penáltis, o Celtic chegou ao seu 40.º troféu, agora mais sete do que o Rangers, que não vence desde 2009.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto