A Confederação Asiática de Futebol (AFC, na sigla inglesa) congratulou-se hoje pelo processo aberto de consulta lançado pela FIFA para reformular o calendário internacional, sem se posicionar quanto à possibilidade de um Mundial de dois em dois anos.

Em comunicado, a AFC referiu-se às “sinergias naturais com vista à organização de jogos mais significativos” e o pensar sobre “o futebol do amanhã”, mas sobretudo “o espírito de colaboração e sólidos princípios de inclusão”.

O comunicado não dá conta de uma posição clara quanto à proposta, já rejeitada por UEFA e Conmebol, de organizar um Mundial de dois em dois anos, situação que tem sido alvo de muita discussão e polémica nos últimos dias.

Além da oposição da UEFA e da Conmebol, que representam as duas mais significativas associações continentais, também a Associação Europeia de Clubes e o Fórum Mundial de Ligas mostraram a sua rejeição.

Em Doha, a FIFA reuniu um grupo de antigos jogadores e outros técnicos que a assessoram sobre o calendário internacional, discutindo não só o campeonato do mundo, mas a possibilidade de concentrar em um ou dois períodos, mais alargados, todos os jogos internacionais, ao contrário do modelo de várias ‘janelas’ em vigor.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto