O treinador e diretor desportivo do Copenhaga, o norueguês Stale Solbakken, foi hoje despedido pelo clube dinamarquês de futebol, depois de um mau início na Liga, competição em que segue em nono após quatro jornadas.

O clube justificou a saída devido ao nível pouco satisfatório da equipa, que na última época conseguiu pela primeira vez na história chegar aos quartos de final da Liga Europa, mas perdeu o campeonato para o Midtjylland.

Esta temporada, não só tem apenas uma vitória em quatro jogos no campeonato, como foi eliminado em casa no ‘play-off’ da Liga Europa diante dos croatas do Rijeka, ficando fora das competições europeias de 2020/21.

Solbakken, de 52 anos, é o treinador com mais títulos no clube, com passagens pelo clube entre 2006 e 2011 e, depois, de 2013 a 2020, períodos nos quais conquistou oito campeonatos, quatro taças e o primeiro apuramento para uns oitavos de final da Liga dos Campeões.

O técnico, que foi internacional norueguês, terminou a carreira no Copenhaga, depois de em 2011 sofrer um problema cardíaco durante um treino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.