A liga ucraniana de futebol, que está suspensa desde março devido à pandemia de COVID-19, vai ser retomada em 30 de maio, informou hoje o Dínamo de Kiev, através do sítio oficial na internet.

De acordo com a nota divulgada pelo segundo classificado da prova, as nove jornadas que faltam disputar serão realizadas à porta fechada, à semelhança do que vai suceder com a maioria dos campeonatos europeus que forem retomados.

Esta decisão surge depois de, na segunda-feira, o presidente da Ucrânia, Vladimir Zelenski, ter anunciado uma redução das medidas de restrição no combate à pandemia em vigor no país a partir de 22 de maio.

A liga ucraniana foi interrompida a meio de março, devido à pandemia, depois de ter sido disputada a primeira jornada dos ‘play-offs’ de apuramento do campeão, sendo que para o regresso da competição está reservado um clássico, entre o líder Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, e o Dínamo de Kiev.

Quando faltam nove jornadas para o final da competição, a formação de Donetsk, tricampeã da Ucrânia, lidera o campeonato, com 59 pontos, mais 13 do que o Dínamo e o Zorya.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas - Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede na Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 297 mil mortos e infetou mais de 4,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.