O internacional português Cristiano Ronaldo foi eleito pela quinta vez o melhor futebolista do ano da FIFA, prémio agora designado ‘The Best’.

Depois de receber o prémio de melhor do Mundo pela quinta vez, Cristiano Ronaldo agradeceu aos companheiros de equipa do Real Madrid 'pelo ano extraordinário' e à sua família e amigos, com destaque para a forma como dedicou o prémio à sua mãe: "se não levava duro em casa".

"Em primeiro lugar, quero agradecer aos meus companheiros, à minha equipa, ao Real Madrid, aos meus companheiros de Seleção. Foi um ano extraordinário. Onze anos aqui neste palco... Talento, trabalho duro, dedicação. Obviamente é algo que eu quero, ganhar troféus coletivos e individuais. Quero dar uma palavra à minha família, que está em peso aqui. Este troféu é vosso; das minhas irmãs, do meu irmão, dos meus amigos, namorada, filho... e da minha mãe também, que se não levava duro em casa. Quero agradecer também aos meus dois filhos que estão em casa. E vou ser pai outra vez daqui a um mês! É um momento único na minha carreira e estou muito feliz".

Depois dos triunfos em 2008, 2013, 2015 e 2016, o jogador do Real Madrid venceu o prémio referente à época 2016/17, já que a votação estava o período compreendido entre 20 de novembro de 2016 e 02 de julho de 2017, no qual Ronaldo marcou 39 golos, em 40 jogos.

Além de Ronaldo, eram finalistas o argentino Lionel Messi (FC Barcelona), eleito o melhor em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2014, e o brasileiro Neymar, pelo qual o Paris Saint-Germain pagou ao ‘Barça’ 222 milhões de euros no último defeso.

A eleição do ‘The Best’, anunciada hoje numa cerimónia realizada em Londres, foi feita pelos selecionadores nacionais, os ‘capitães’ das seleções, jornalistas e público, que votaram entre 21 de agosto e 07 de setembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.