Depois de ter deixado o New York City, o avançado justificou a mudança para o Japão com "a vontade" mostrada pelos responsáveis do clube na sua contratação e pela motivação de se tornar uma figura do futebol nipónico.

Villa deu uma conferência de imprensa depois do último encontro em casa do Vissel Kobe no campeonato, com o avançado a dizer que viu "um grande jogo" na vitória sobre o Vegalta Sendai, por 3-2.

O internacional espanhol disse estar feliz por abraçar "um projeto em construção" de um clube que "quer jogar um futebol técnico e de construção".

"Está aqui o jogador que melhor canaliza esse jogo, que é Iniesta", referiu Villa, que assumiu que a presença do seu "grande amigo" também influenciou a sua mudança para o Japão.

Antes do Vissel Kobe, Villa, de 36 anos, passou por Gijón, Saragoça, Valência, FC Barcelona, Atlético de Madrid, Melbourne City e New York City, sendo parte da seleção espanhola que venceu o Euro2008 e o Mundial2010.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.