Jordan Jones e George Edmundson, dupla do Rangers, receberam uma suspensão de sete jogos depois de violarem as regras de confinamento impostas pelo Governo Escocês. Jones, ala da Irlanda do Norte de 26 anos e o defesa inglês Edmundson de 23, infringiram as apertadas regras governamentais quando marcaram presença numa festa, realizada no interior de casa.

O duo já tinha recebido duas semanas de suspensão por parte dos líderes do Campeonato Escocês. Jones e Edmundson foram ainda punidos com multas pelos agentes da polícia que foram chamados para term

inarem com o ajuntamento.

Agora foi a vez da Federação Escocesa entrar em ação, punindo os dois jogadores. A suspensão de sete jogos significa que Jones e Edmundson, que não fazem parte da lista do Rangers para a Liga Europa, não poderão voltar as competições domésticas até ao jogo de 30 de dezembro com o St. Mirren.

A festa ocorreu horas depois do Rangers vencer o Kilmarnock no Rugby Park a 1 de novembro. Nenhum dos dois jogadores esteve envolvido no jogo mas ambos eram esperados no treino do dia seguinte.

Contudo, ambos foram obrigado a permanecer longe do centro de treinos do clube depois dos chefes de Ibrox terem sido informados da festa ilegal.

As regras do Governo Escocês em vigor proíbem os residentes da cidade de Glasgow de socializarem dentro de casa com outras pessoas que não façam parte do agregado familiar.

O agentes chamados para terminar com a festa descobriram a dupla do Rangers bem como outros foliões dentro de um apartamento.

Gerrard, mais tarde, disse aos dois jogadores que tinham "desapontado bastante os colegas de equipa e os adeptos do clube" com as suas ações, enquanto Jones ficou de fora da convocatória da Irlanda do Norte para o playoff de acesso ao Euro2020, realizado na semana passada, frente à Eslováquia.

*Título corrigido às 18h24

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.